panela-amarela-alice

Eu quero, eu quero, eu quero! Para a nossa pequena gastronauta que está iniciando no mundo das delícias culinárias!

Olha só que legal:

Adoçar a papa do bebê sem usar açúcar, incrementar o cardápio para desenvolver um paladar sem frescuras nas crianças ou descobrir receitas que agradem também a pais e mães, aproveitando os mesmos ingredientes servidos aos filhos. Tudo rápido e fácil, para não sobrecarregar quem já tem muito trabalho cuidando da própria gravidez ou do recém-nascido.

A Panela Amarela de Alice (Memória Visual) nasceu das necessidades da própria autora, Tatiana Damberg, ao engravidar de sua primeira filha. Apaixonada por gastronomia, ela mudou a relação com a comida. E cedo percebeu que grávidas e mães em fase de amamentação sofrem uma espécie de “terrorismo gastronômico, em que tudo que se quer comer faz mal ou dá gases”. Para fugir desse sentimento de angústia alimentar, começou a ler a respeito e pesquisar, até descobrir um jeito de cozinhar prático, gostoso e saudável – para a mãe e o bebê. (trecho retirado daqui)

Eu perdi o lançamento, mas já estou na fila de espera para comprar em alguma livraria por ai :)