Hoje é quinta e estou aqui naquela ansiedade para que chegue o sábado logo. Não é apenas a ansiedade normal pelo final de semana. É a ansiedade para que o maridão volte logo. Pensei nisso a semana toda, na vontade de escrever sobre a falta que ele me faz, a falta que sinto dele nas pequenas coisas do dia-a-dia, de dormir abraçadinho, de fazer uma comidinha, da companhia dele, de tudo.

Desde que começamos juntos, ele se tornou a minha melhor companhia. Essa barriga só poderia ter sido gerada em tão boa companhia mesmo, não tinha jeito :) Porque com ele, tudo é possível, tudo dá para levar, não tem nada que a gente não dê conta.

Amor, te amo demais. Volta logo, que barriga e eu estamos com saudades!