Até o momento, eu passei por duas etapas a respeito das roupas. O primeiro foi a crise, abandonar as calças jeans 36-38 e as blusas mais justas, que não fossem de malha. Vc se sente nem grávida nem normal, mas basicamente barriguda

Depois a barriga começa a crescer mais e tomar a forma de… barriga. Ai as coisas começam a ficar melhor, por incrível que pareça. Vc passa a aceitar as mudanças e na maior parte do tempo, está é muito feliz com elas.

Uma etapa importante aqui foi a aquisição de calças de grávida. Elas parecem normais, mas possuem um esquema de elástico+botão, que permite crescer a cintura à medida que a barriga cresce. Elas são bonitinhas e confortáveis. Comprando algumas peças coringa, é possível ser feliz.

A parte de cima foi mais fácil. Sim, os peitos cresceram, mas uma parte das blusas continuaram a servir. Por sorte, sempre gostei de batas ou de blusas com recorte logo após o peito, que continuam a me servir (até agora, pelo menos). Fora isso, blusas de malha são bem práticas, já que esticam e se moldam melhor às mudanças do corpo. Os vestidos também ajudam, mas deixo para usá-los nos finais de semana mais quentes, quando fico pouco tempo sentada ou de pé (do contrário, uso as meias de compressão que, conforme dito anteriormente, não cometo a heresia de mostrá-las em público).

Ou seja, é possível sim ser uma grávida razoavelmente elegante, sem ter que virar um saco de batatas ambulante :)